PRÓXIMA TENTATIVA DE LANÇAMENTO DA CREW DRAGON DEMO-2 NO SÁBADO

Estávamos na expectativa para ver o primeiro lançamento tripulado da SpaceX no dia 27 de maio de 2020, mas teremos que esperar até sábado 30 de maio para uma nova tentativa de lançamento.

Na quarta-feira à tarde (27 de maio) a SpaceX estava pronta para lançar a Demo-2, uma missão de teste que enviará os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley para a Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da cápsula Crew Dragon. Porém o clima não cooperou, forçando a SpaceX a cancelar a decolagem planejada da Crew Dragon no topo de um foguete Falcon 9 com menos de 20 minutos restantes na contagem regressiva.

A próxima tentativa de lançamento está programada para sábado, às 16h22 (horário de Brasília).
A nova data e horário não são escolhidos aleatóriamente e sim porque a estação espacial estará em local propício em relação ao Kennedy Space Center da NASA na Flórida, o local de lançamento da Demo-2.

Este diagrama da SpaceX mostra os muitos passos necessários para levar o Crew Dragon à Estação Espacial Internacional na missão Demo-2.
(Imagem: © SpaceX)

O tempo parecia estar melhorando nos estágios finais da contagem regressiva na quarta-feira, e a missão provavelmente poderia ter decolado se a equipe de lançamento tivesse mais 10 minutos para trabalhar, disseram representantes da SpaceX. Mas essa margem de manobra não está disponível para a Demo-2, que possui uma janela de inicialização instantânea.

“Fazemos a análise de voo assumindo que as temperaturas dos propulsores estão abaixo de uma certa quantidade, para que saibamos quanto desempenho está disponível para o foguete – quanta margem teremos”, disse o engenheiro de integração principal da SpaceX, John Insprucker. durante o webcast de lançamento de quarta-feira.

“Quando você entra no carregamento de propulsores no T-35 minutos, você precisa ir assim que chegar ao zero”, disse Insprucker.

Mesmo aguardando alguns minutos depois do T-0, a temperatura do propulsor aumentaria um pouco, acrescentou ele, “e isso altera a quantidade de desempenho que você carrega em órbita. E não queremos cortar essas margens”.

A Demo-2 será o primeiro voo orbital tripulado a ser lançado dos EUA desde que a frota de ônibus espaciais da NASA foi encerrada em 2011. Desde então, os astronautas americanos voaram de e para a ISS a bordo da capsula russa Soyuz, a única opção disponível.

NASA, SpaceX e Boeing estão trabalhando há anos para acabar com essa dependência.

Em 2014, as duas empresas assinaram contratos de bilhões de dólares com o Programa de Tripulação Comercial da NASA.

A SpaceX poderá começar a voar nessas missões contratadas depois que a Demo-2 for lançada e assim concluir seu teste.

No entanto, a Boeing tem um pouco mais de trabalho a fazer, a cápsula Starliner CST-100 da empresa ainda precisa fazer uma missão não tripulada à ISS, um marco da Crew Dragon que aconteceu em março de 2019.

A Starliner lançou essa missão em dezembro passado, mas sofreu uma falha no sistema de temporização a bordo e acabou presa em uma órbita muito baixa para se encontrar com a estação espacial.

Se o lançamento da Crew Dragon Demo-2 não acontecer no sábado dia 30 de maio, a próxima oportunidade de lançamento é domingo 31 de maio, às 16:00 (horário de Brasília).

Assista ao lançamento do voo Crew Dragon Demo-2 da SpaceX em nosso canal, inscreva-se, ative o sininho e não perca esse momento histórico.

https://www.youtube.com/channel/UC5ya1dk__j83iFXFpCeOb2Q?view_as=subscriber

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é image.png

https://www.instagram.com/nedoliveira1/

https://twitter.com/ned35

https://www.facebook.com/AstronomiaComSabedoria/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s