VISTA ESPETACULAR DE UMA JOVEM CRATERA DA LUA

A Lua é um lugar bonito à sua maneira, e oferece algumas paisagens incríveis com suas muitas crateras e montanhas. Essa visão de uma cratera feita pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter ( LRO ) da NASA é um ótimo exemplo e, como diz o título do artigo, espetacular.

A vista deslumbrante dentro de uma jovem cratera na imagem superior mostra como a Lua pode ser de outro mundo, ainda que nitidamente e serenamente majestosa.

Essas fotos foram tiradas pela LRO em agosto de 2017, a uma altitude de 70 milhas 113 km. 

A Cratera Giordano Bruno é uma das maiores crateras jovens da Lua, com 21 km de diâmetro e localizada a 35,97 graus de latitude norte e 102,89 graus de longitude leste. Há muito contraste de brilho da superfície ( albedo ) visível, pois o Sol estava alto, acima do horizonte na época, e as únicas sombras vistas são de penhascos íngremes e grandes rochas.

O penhasco íngreme – a parede interna da cratera – ergue-se a 3.000 metros acima do fundo da cratera, onde você vê uma grande piscina de rochas liquefeitas derretidas, deixadas pelo enorme impacto que criou a cratera. Você pode se imaginar parado ali e olhando para esta enorme parede de cratera à sua frente?

Vista oblíqua da grande cratera na lua, com lados inclinados em cinza mais claros e centro escuro.

Uma visão mais ampla da cratera Giordano Bruno feita pela LRO. Imagem via NASA / GSFC / Universidade Estadual do Arizona / LROC.

Fluxo solidificado de pedra escura, principalmente suave com algumas rachaduras, no piso áspero da cratera.

Vista detalhada de um fluxo de derretimento de impacto dentro da cratera Giordano Bruno. Imagem via NASA / GSFC / Universidade Estadual do Arizona / LROC.

Mancha de material escuro em cima de uma superfície rochosa mais clara.

Material de lixo escuro no fundo da cratera Giordano-Bruno. Imagem via NASA / GSFC / Universidade Estadual do Arizona / LROC.

Penhasco íngreme de rocha cinza e regolito mais escuro no fundo.

Vista do close-up de um penhasco íngreme na parede interna da cratera Giordano Bruno, como visto pela Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) em agosto de 2017. Imagem via NASA / GSFC / Arizona State University / LROC.

Os impactos que criam crateras como essas são poderosos. Aqui, um grande asteroide rochoso ou meteoroide atingiu a Lua cerca de dez vezes mais rápido que uma bala em alta velocidade. Como normalmente acontece, a rocha impactante criou um buraco no solo muito maior que a própria rocha. Uma quantidade tremenda de calor e pressão é liberada durante o impacto, que derrete grande parte da rocha. Isso criou uma piscina temporária de rocha derretida que escorria e fluía, quase como água. Com o tempo, a rocha derretida esfriou e solidificou, deixando a piscina de cor mais escura que vemos hoje. Você ainda pode ver onde a rocha derretida fluía pelo chão da cratera, preenchendo depressões.

Há também algum material escuro e áspero no piso inferior da cratera, que pode ser de diques basálticos ou talvez de vidro derretido por impacto, chamado impactita. Poderia ser semelhante ao que o rover Yutu-2 da China encontrou recentemente no lado mais distante da Lua.

Ainda não se sabe exatamente quantos anos a cratera tem, mas as formas bem preservadas do impacto e a escassez de outras crateras menores dentro dela mostra que é muito jovem em termos geológicos, provavelmente menos de 10 milhões de anos.

Algumas das imagens LRO desta cratera têm uma escala de pixels tão pequena quanto 1,6 a 1,8 metros. Quando em sua órbita mais baixa, o LRO obteve imagens da cratera com uma resolução impressionante de 50 centímetros (20 polegadas).

A LRO foi lançada em 18 de junho de 2009 e tem retornado muitos dados científicos desde então, além de vistas impressionantes como essas.

Nave espacial em blocos com pequena antena parabólica apontando para a Terra distante.

Ilustração artística do Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) perto da lua. Imagem via NASA.

Fonte: https://earthsky.org/space/giordano-bruno-crater-moon-steep-cliff-and-impact-melt-lro-todays-image-space

3 comentários sobre “VISTA ESPETACULAR DE UMA JOVEM CRATERA DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s